domingo, 27 de janeiro de 2013

Call Center: Central de Oportunidades

Trabalhar em Call Center não se resume a ser operador de telemarketing. As empresas do ramo são de grande porte, geralmente compostas por setores que agregam profissionais de diferentes segmentos e escalões. Alguns exemplos desses setores são Recursos Humanos, Recrutamento e Seleção, Treinamento, Marketing e Comunicação Interna, Telecomunicações e Tecnologia da Informação, Administração e Contabilidade. Com um vasto leque de atividades internas, os Call Centers oferecem vagas para técnicos de nível médio e profissionais com nível superior em praticamente todas as áreas de formação, e frequentemente contratam psicólogos, pedagogos, administradores, matemáticos, estatísticos, publicitários, engenheiros (principalmente das áreas tecnológicas), analistas e gestores com especialização ou MBA.

O setor de operações de atendimento, no qual funciona o telemarketing propriamente, é a porta de entrada mais fácil, pois requer maior quantidade de colaboradores e, logicamente, oferece maior número de vagas de emprego. Além disso, para o cargo de operador de telemarketing os Call Centers costumam contratar pessoas sem experiência e sem especialização profissional, a partir dos 18 anos de idade e também acima dos 40 anos, oferecendo oportunidades de trabalho que vão desde o primeiro emprego até a recolocação profissional ou o ingresso tardio no mercado de trabalho.

A remuneração dos atendentes varia de 1 a 3 salários mínimos – quando há comissão por vendas ou remuneração variável por algum critério estabelecido pela empresa. Como benefícios, as empresas costumam oferecer plano de saúde e odontológico e descontos em cursos de formação, inclusive de nível superior, além de vale-transporte e vale-refeição ou vale-alimentação. A escala de trabalho é quase sempre de 6 x 1, ou seja, o atendente trabalha seis dias e tem uma folga por semana. Em outras funções e cargos, geralmente as remunerações e benefícios são mais atraentes e a escala de trabalho é de 5 x 2.

O somatório de vantagens pode não ser superior ao que se oferece em outros ramos de atividade, principalmente para os atendentes, mas o grande diferencial das empresas de Call Center está na possibilidade real de crescimento profissional através de treinamentos e processos seletivos internos, inclusive com intercâmbio de pessoal entre setores distintos. Assim, o colaborador que ingressa como operador pode concorrer a oportunidades em outras áreas, desde que atenda as exigências da vaga, ou pode continuar na operação de atendimento e ser promovido a cargos superiores, iniciando e desenvolvendo carreira na área de gestão. Ingressar em um setor que não oferece as melhores remunerações iniciais, mas oferece chance de crescimento, é bem melhor do que ficar desempregado.

E aí, quer trabalhar?

Sugestões de oportunidades de trabalho:
cadastre seu currículo e pesquise vagas de emprego nos links a seguir.

Empregos Manager Online RIOVAGAS
InfoJobs
VAGAS.com.br



2 comentários:

  1. ainda tem vaga? E qual é a empresa ?

    ResponderExcluir
  2. Alison, leia o texto. O blog tem uma lista de empresas de call center e links para cadastro de currículo.

    ResponderExcluir